sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

VMware Player

Faz algum tempo que trabalho com virtualização de hardware e já escrevi diversos artigos sobre o assunto, inclusive com dicas para quem quer se qualificar nesta área da T.I. extremamente carente de profissionais competentes.

Também já apresentei neste mesmo site o download de alguns aplicativos dedicados à virtualização e, para completar o quadro, indico o VMware Player que pode ser um excelente substituto ao VirtualPC da Microsoft, que faz a virtualização as plataformas desktop desta empresa.

Esta última edição do VMware Player se caracteriza não apenas por rodar, mas também por permitir a criação de máquinas virtuais, recurso indisponível nas edições anteriores.

As vantagens em relação à aplicação da Microsoft são a leveza, com um pouco mais de 100 MiB, a integração com os hardware mais atuais como os processadores multi-core e também a disponibilidade para a plataforma Linux.


Além de importar, podemos criar novas VMs no VMware Player.

Para obter o VMware Player gratuitamente é necessário ter um cadastro no site da empresa produtora, o que é um processo bastante simples e rápido. Para isso, clique no botão "download" logo abaixo.

Lembro que estamos falando de um aplicativo que requer conhecimentos especializados, como por exemplo instalação de configuração de um sistema operacional, domínio de hardware, etc. Se você está por fora do assunto, sugiro a leitura da série de artigos que escrevo sobre o assunto no Blog CataBits.

  • Licença: Freeware
  • Tamanho: 105 MiB
  • Preço: Gratuito

Nenhum comentário

Postar um comentário

Atenção comentarista!
  • Todos os comentários serão rigidamente moderados;
  • Identifique-se! Comentários anônimos não são recomendados;
  • Comentários com três ou mais links serão removidos;
  • Comentários escritos em miguxês ou excesso de gírias serão removidos;
  • Comentários escritos com predominância de maiúsculas serão removidos;
  • Por favor, prove que você é coerente, educado e bem informado: conheça o restante do site, saiba quem somos, sobre o que, para quem e como escrevemos antes de comentar futilidades;
  • Respeite as opiniões dos autores e dos outros comentaristas. Seja breve e sem ofensas;
  • Escreva comentários relevantes e que contribuam de alguma forma para o bem da humanidade;
  • Não seja um inútil social. Lembre-se que o mundo não gira ao seu redor.